Hoje, dia 22 de fevereiro de 2019, teve lugar mais uma reunião do Conselho Eco-Escolas. Desta vez, e ao contrário do que é hábito, a reunião teve lugar nas instalações do Polo Artur Ravara da Escola Superior de Enfermagem de Lisboa (ESEL). Na verdade tratou-se da primeira reunião do Conselho Eco-Escolas da ESEL que está a implementar a metodologia dos 7 passos subjacente ao Programa Eco-Escolas e a desenvolver trabalho para garantir a conquista daquela que será a sua primeira Bandeira Verde.

Eco-Escola ESEL

Considerando a partilha de espaços comuns entre a ESEL e a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL), desde o ano letivo 2010/2011 que a ESEL se faz representar no Conselho Eco-Escolas da ESTeSL pela professora Filomena de Sousa. Este ano, e para efeitos de constituição do conselho Eco-Escolas da ESEL, a ESTeSL foi convidada a fazer-se representar, cabendo esse papel ao professor Vítor Manteigas.

Nesta primeira reunião, onde foi apresentada a metodologia do Programa, foram já abordadas algumas atividades a integrar no Plano de Ação, sendo que algumas delas poderão vir a ser desenvolvidas em conjunto pelas comunidades académicas das duas instituições.

A concretizar-se a efetiva implementação do Programa Eco-Escolas e o posterior reconhecimento do trabalho desenvolvido pela ESEL, com a atribuição da respetiva Bandeira Verde, estão criadas as condições para que num futuro próximo possamos falar do Eco-Campus “Parque das Nações”.

Desejamos muito sucesso aos nossos parceiros, nesta aventura que agora se inicia, rumo a um futuro comum que se quer mais sustentável.

Deixe um Comentário




Introduza o seu e-mail


Março 2019
S T Q Q S S D
« Fev    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias