Archive for the ‘Reciclagem’ Category

O desafio “Planet or Plastic“, associado à Campanha Planet or Plastic” da National Geographic, pretende dar expressão à modalidade “campanha”, propondo a apresentação de uma fotografia  que apele à redução, substituição e correta manipulação dos plásticos, por forma a evitar a crescente contaminação dos oceanos.

Foi nessa perspetiva que as estudantes do curso de Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL), Cristiana Costa, Dalila Gonçalves, Elisabete Santos, Suazilene Sacramento, realizaram as fotografias abaixo apresentadas e entretanto publicadas no portal dos Jovens Repórteres para o Ambiente (ver Os rios: a porta de entrada das toneladas de plástico que todos os anos chegam aos oceanos! e A refeição diária da nossa fauna marinha…).

A refeição diária na nossa fauna marinhaAquilo que encontramos na margem do rio corresponde a uma ínfima parte daquilo que se encontra no seu interior…

No final a opção será entre o “Planeta e o Plástico”, mas a escolha parece-nos óbvia!

Hoje, dia 25 de janeiro de 2019, e após um pedido formal à ERP Portugal, teve lugar na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) mais uma recolha de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) no âmbito das atividades de recolha da Geração Depositrão, garantindo-se assim o encaminhamento adequado de resíduos desta natureza, de diferentes categorias.

Recolha de REEE pela AmbiGroup

Em função do volume de resíduos acumulados, onde se incluem aqueles que a comunidade académica foi colocando no Depositrão da ESTeSL, ainda não se conseguiu garantir a recolha na sua totalidade, havendo ainda muito para encaminhar. Ficaremos à espera da próxima visita da empresa do grupo Ambigroup, que esperemos consiga concluir a recolha daquilo que ainda falta… e que é muito!

Obrigado a todos aqueles que colaboraram para esta campanha, relembrando que o nosso Depositrão continua à espera dos vossos resíduos.

Teve lugar no passado dia 12 de novembro de 2018, no Auditório da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) uma sessão relativa ao Novo Verde Packaging Universities Award’18, promovido pela Novo Verde – Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, e que contou com mais de cinquenta participantes, estudantes, docentes e não docentes da ESTeSL e representantes de alguns municípios do distrito de Lisboa.

Sessão Novo Verde Packaging Universities Award'18

O primeiro painel, que teve a moderação da vice-presidente da ESTeSL e conselheira Eco-Escolas/Comissão Baixo Carbono, professora Graça Andrade, contou com a presença de: (i)  Vítor Manteigas, coordenador do Programa Eco-Escolas e da Comissão Baixo Carbono na ESTeSL; (ii) Judite Leal, responsável de Comunicação e Sensibilização da Valorsul; (iii) Mafalda Mota, chefe da Divisão de Fluxos Específicos e Mercados de Resíduos da Agência Portuguesa do Ambiente; e (iv) Carla Pinto, Diretora de Serviços da Sustentabilidade Empresarial da Direção-Geral das Atividade Económicas.

Depois de uma breve interrupção, onde se criaram condições para novas parcerias entre as entidades  presentes, os trabalhos continuaram com Filipa Moita, responsável de Comunicação e Sensibilização da Novo Verde e da ERP Portugal e com Margarida Gomes, Coordenadora Técnico-Pedagógica da Associação Bandeira Azul da Europa/Programa Eco-Escolas.

Este foi um evento de particular relevância, onde a Economia Circular e o papel dos plásticos associados a este conceito deram o mote aos trabalhos. O evento terminou com uma sessão de perguntas e respostas e onde, naturalmente, a candidatura da ESTeSL ao concurso Novo Verde Packaging Universities Award’18 acabou por ser abordado.

A Novo Verde – Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, no âmbito do cumprimento do Plano de Prevenção e do Plano de Sensibilização, Comunicação e Educação (ponto 4.2 da Licença atribuída através do Despacho n.º 14202-D/2016, de 25 de novembro), irá promover uma sessão de formação do desafio Novo Verde Packaging Universities Award’18, que decorrerá no dia 12 de novembro, entre as 9h00m e as 13h00m, na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL), em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente, a Associação Bandeira Azul da Europa e a Direção-Geral das Atividades Económicas.

O programa (versão provisória em baixo) focará temas como a importância de boas práticas ambientais numa perspectiva de Economia Circular, com casos práticos de implementação deste conceito, apresentados pelas entidades convidadas, assim como pela ESTeSL que desde o ano letivo 2010/2011 tem vindo a ser reconhecida como Eco-Escola/Eco-Campus.

O público-alvo desta formação são estudantes, professores e representantes de entidades e empresas parceiras, sendo que toda a comunidade académica da ESTeSL e demais instituições de ensino superior estão desde já convidadas a participar.

A Associação Bandeira Azul da Europa convida toda a comunidade Eco-Escolas a votar no(s) poster(es) Eco-Código que mais forem do vosso agrado para que, em cada escalão, os que vierem a ter mais mais “LIKES” sejam premiados com o Prémio Comunidade Virtual.

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL), sendo escola-piloto do projeto Interreg Sudoe ClimACT, tem a concurso um poster com o seu Código Climático e o vosso “voto” pode fazer a diferença.

Para poderem contribuir para o sucesso do Código Climático da ESTeSL neste desafio na comunidade virtual, basta terem um perfil registado no Facebook e, depois de acederem ao nosso poster Eco-Código e Código Climático (clicar AQUI), deixar o vosso “LIKE”. Em alternativa poderão “GOSTAR” fazendo uso da imagem incorporada nesta publicação.

Contamos convosco!

Para a realização do projeto submetido ao Concurso Nacional Poster Eco-Código / Código Climático 2018, foi proposto a um grupo específico de estudantes que, no âmbito do Programa Eco-Escolas e unidade curricular de Estágio em Saúde Ambiental I e, em conjunto com o professor responsável, a elaboração de um póster Código Climático em que estivessem contemplados os temas-base no âmbito do projeto Interreg Sudoe ClimACT (água, resíduos, energia, espaços verdes/floresta, mobilidade e compromisso verde) e pelo menos um dos temas facultativos (alimentação saudável e sustentável), indo de encontro também ao Plano de Ação previamente definido.

Foi pedido a cada um dos membros da Comissão Baixo Carbono que, com a colaboração dos colegas dos respetivos cursos de licenciatura (no caso dos estudantes), sugerissem frases tendo em conta os pressupostos anteriores, visando a criação ou alteração de atitudes e comportamentos conducentes à melhoria do ambiente tanto na escola como em casa. As inúmeras frases propostas foram sujeitas a votação e seriação, das quais resultaram as apresentadas no poster.

Este ano, e de forma a garantir uma vinculação efetiva ao projeto Interreg Sudoe ClimACT, optou-se por fazer-se uso da imagem do projeto, depois da devida autorização por parte de equipa coordenadora. Ambas as etapas foram realizadas sob orientação do professor responsável pelo grupo de trabalho e coordenador Eco-Escolas/Baixo Carbono, e sendo igualmente sujeita à “ratificação” dos elementos do Conselho Eco-Escolas/Comissão Baixo Carbono.

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) volta a vencer uma das atividades criativas da Geração Depositrão!!

A ESTeSL candidatou-se com a submissão de um vídeo de animação sobre “A Carga Máxima protege a Floresta”. Para a realização do vídeo de animação, foi lançado o desafio aos estudantes do curso de licenciatura em Saúde Ambiental para que, no âmbito da unidade curricular de Gestão de Resíduos, realizassem um trabalho que cumprisse os requisitos definidos para o desafio “A Carga Máxima protege a Floresta”. A turma foi dividida em grupos de trabalho que, após a abordagem ao fluxo específico de resíduos de pilhas e acumuladores portáteis, prepararam guiões para os vídeos que se propuseram fazer. No total, foram envolvidos 34 estudantes e o professor responsável da unidade curricular que, após a concretização de todos os vídeos (cinco), selecionou aquele que iria representar a Escola no concurso da Geração Depositrão.

O vídeo apresentado a concurso foi pensado, discutido e elaborado pelas estudantes Ana Margarida Correia, Jéssica Moreira, Susana Camala e Suazilene Sacramento, tendo por base os critérios definidos para a atividade criativa, associando as pilhas, enquanto resíduo, à floresta e aos riscos decorrentes do seu abandono.

Com uma linguagem simples e de compreensão acessível, tendo em conta o público alvo, vão-se dando algumas indicações que ajudam a interpretar a mensagem que se quer associar à animação e que segue o percurso da “floresta ao prato”, deixando claro os riscos de se deixar as pilhas sem encaminhamento e tratamento adequados. As substâncias nocivas são representadas pelos metais pesados que têm um efeito cumulativo na cadeia alimentar, fazendo o percurso desde a floresta até ao prato, passando pelos rios, oceanos, algas e peixes.

A mensagem a reter é… Pilhas na floresta… NÃO!

O Programa Eco-Escolas da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) voltou a marcar presença na rubrica “Vida Verde” do programa “Manhãs na TV” da Kuriakos TV, com a participação do professor Vítor Manteigas, coordenador dos programas Eco-Escolas e Jovens Repórteres para o Ambiente e coordenador Baixo Carbono, no âmbito do projeto Interreg Sudoe ClimACT.
Nesta segunda participação, que teve lugar no passado mês de junho, voltou-se a abordar os resíduos e os resíduos de plástico e a urgência em “desplastificar” o Planeta.

De acordo com o Relatório do Estado do Ambiente, em 2017 cada cidadão em Portugal continental produziu 1,32 quilogramas de resíduos por dia, perfazendo um total de 4,75 milhões de toneladas anuais, correspondendo a um aumento de cerca de 2,3% face aos valores registados em 2016.

A maior das grandes ilhas de plástico do Pacífico, formadas a partir de resíduos aglomerados pelas correntes oceânicas, tem uma área correspondente a cerca de 17 vezes a área de Portugal. É urgente “desplastificar” o Planeta!




Introduza o seu e-mail


Julho 2019
S T Q Q S S D
« Jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias