Archive for the ‘Fotografia’ Category

Foi nos passados dias 10 e 11 de novembro, que teve lugar em Mafra a edição deste ano do Seminário Nacional Jovens Repórteres para o Ambiente e onde, naturalmente, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) marcou presença.

A saída de Lisboa teve lugar ao fim da manhã, depois de garantida a atividade do Global Action Days, com a partilha de viatura entre os docentes e estudantes participantes (professores Ana Monteiro e Vítor Manteigas e estudantes Beatriz Luz, Filipe Vinhais e Hugo Silva).

Esta participação, que aconteceu já pela quinta vez consecutiva, surgiu na sequência do trabalho desenvolvido no Programa Jovens Repórteres para o Ambiente | Young Reporters for the Environment, e que veio a culminar com a atribuição do primeiro lugar na modalidade de vídeo campanha e de uma menção honrosa na categoria de fotografia, no concurso Litter Less Campaign (ver “Beatas no chão… NÃO!” e a participação da ESTeSL na Litter Less Campaign e ESTeSL representa Portugal no concurso internacional Litter Less Campaign), trabalhos dos estudantes Beatriz Luz, Hugo Silva e Sofia Coelho. Garantiu-se ainda a atribuição de uma menção honrosa na modalidade de foto-reportagem no concurso nacional Jovens Repórteres para o Ambiente, com o trabalho “Dejetos na via pública: um problema de saúde pública“, das estudantes Jéssica Moreira, Laura Fernandes e Suazilene Sacramento.

A ESTeSL no Seminário Nacional Jovens Repórteres para o Ambiente 2017

Na edição deste ano do Seminário Nacional Jovens Repórteres para o Ambiente, os estudantes e professores participantes integraram grupos de trabalho distintos que culminaram na preparação de artigos de índole jornalístico, de foto-reportagens e de vídeo-reportagens, associados às saídas de campo que tiveram lugar na tarde de sexta-feira. As saídas de campo em que a comitiva da ESTeSL participou, realizadas em simultâneo, foram: (i) Vale do Lizandro; (ii) Tratolixo; (iii) Reserva Mundial de Surf; e (iv) Mosteiro de Mafra e Jardim do Cerco. Decorreu ainda uma visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico mas na qual não houve a participação de nenhum elemento da escola.

Este foi um fim-de-semana intenso, de muito trabalho, com os estudantes da ESTeSL a terem um papel relevante nos grupos de trabalho em que participaram, mas também com muita diversão, muitas novas amizades e excelentes ideias para os desafios que se aproximam, tendo como mote a Saúde e o Ambiente e que em breve anunciaremos. Este ano haverão Missões Jovens Repórteres muito interessantes, como sempre!

Para finalizar, deixamos uma nota de destaque à organização (parabéns a toda a equipa da Associação Bandeira Azul da Europa) e um cumprimento especial à comitiva da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC) com a qual temos vindo a criar sinergias (e boas energias) para a concretização de alguns trabalhos conjuntos.

Hoje foi um dia particularmente intenso!
Durante toda a tarde, a empresa Renascimento, operador licenciado para os Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) que trabalha com a entidade gestora daquele fluxo de resíduos, a ERP Portugal, esteve connosco a garantir a recolha e encaminhamento adequado das toneladas (admitimos serem toneladas!) que fomos acumulando ao longo de todo o ano.

Geração Depositrão (recolha de REEE por operador licenciado)

Para além da participação na atividade de recolha da Geração Depositrão, garantimos também a participação numa das atividades criativas propostas (reportagem fotográfica sobre o Depositrão e/ou reciclagem de REEE e pilhas na comunidade) destinada ao ensino secundário/profissional e superior.

A fotorreportagem, realizada no âmbito da unidade curricular de Gestão de Resíduos do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) foi enquadrada pela abordagem teórica dos fluxos específicos de resíduos, nomeadamente os resíduos de equipamentos elétricos e eletrónicos (REEE) e o segmento de pilhas e acumuladores portáteis.
A recolha de imagens pretende retratar aquela que é a gestão assumida pela ESTeSL para o tipo de resíduos pelos quais a ERP Portugal é uma das entidades gestoras.
Quando os equipamentos elétricos e eletrónicos usados na escola são considerados resíduos (em particular os equipamentos informáticos), procede-se à sua desmontagem pelos funcionários da empresa prestadora de serviços responsável pela instalação e manutenção do parque informático, para que alguns componentes ainda em funcionamento possam vir a ser reutilizados (fotografia 1).
Posteriormente, todos os REEE são acondicionados em local específico até à posterior recolha por operador licenciado e encaminhamento para tratamento adequado, nomeadamente a reciclagem (fotografia 2).
Para além dos resíduos produzidos diretamente pela ESTeSL, toda a comunidade académica (funcionários docentes, não docentes e estudantes), são desafiados a fazer uso do Depositrão para a deposição dos seus próprios REEE (fotografia 3).
Posteriormente, e após formalização do processo junto da entidade gestora (ERP Portugal), os REEE são recolhidos pela empresa Renascimento, operador licenciado para este tipo de resíduos, e encaminhados para reciclagem (fotografia 4).
Atendendo à parceria estabelecida com a Operação Nariz Vermelho, considerou-se relevante enfatizar aquela que é a sua missão, simbolizada pelo vermelho do Depositrão e pelo “Nariz Vermelho” que marca presença nas restantes fotografias da fotorreportagem.

Foi neste fim de semana, dias 7 e 8 de novembro, que teve lugar nas Caldas da Rainha, na Expoeste e na Escola Básica D. João II, a edição deste ano do Seminário Nacional Jovens Repórteres para o Ambiente. Esta foi a terceira vez que a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) marcou presença naquele evento, este ano apenas representada pelo professor Vítor Manteigas, docente da área científica de Saúde Ambiental e coordenador dos Programas Eco-Escolas e Jovens Repórteres para o Ambiente. Esta participação surgiu na sequência da participação da ESTeSL no desafio Eco-Repórter da Energia, e no Programa Jovens Repórteres para o Ambiente | Young Reporters for the Environment, que viria a culminar com a atribuição dos primeiro e segundo lugares no Eco-Repórter da Energia, na categoria de videorreportagem,  e de uma “Honourable Mention” no Young Reporters for the Environment, concurso internacional, também na categoria de vídeo-reportagem (ver Jovens Repórteres para o Ambiente da ESTeSL partem à descoberta do EVOA).

Os estudantes e professores participantes integraram grupos de trabalho distintos que culminaram na preparação de artigos de índole jornalístico, de fotorreportagens e de videorreportagens, associados às visitas que tiveram lugar na tarde de sábado. As visitas, realizadas em simultâneo, foram: (i) Paul de Tornada; (ii) Lagoa de Óbidos; (iii) Parque D. Carlos e Mata; (iv) Foz do Arelho e Serra do Bouro; e (v) Hospital Termal.

Jovens Repórteres ESTeSL nas Caldas da Rainha

Todos os participantes foram ainda desafiados a ser repórteres ativos onde, para além das fotografias que integraram as reportagens desenvolvidas durante o fim de semana, puderam submeter ao concurso de fotografia a decorrer durante o evento, até duas fotografias tiradas no decurso das saídas de campo. Para além da Menção Honrosa recebida em nome das estudantes Inês Ouro, Maria Inês Fernandes, Mariana Matos e Whitney Aprel, acabou por ser também uma das fotografias tiradas pelo professor Vítor Manteigas, a vencedora do concurso. Depois de Arouca (ver Eco-Repórteres ESTeSL em Arouca), esta foi a segunda vez que o prémio de melhor fotografia veio na bagagem…

Este foi um fim-de-semana intenso, de muito trabalho, muita diversão, muitas novas amizades e excelentes ideias para os desafios que se aproximam, tendo como mote a Saúde e o Ambiente. Não deixem de ver o álbum “Jovens Repórteres para o Ambiente” respeitante a esta participação e às participações nas edições anteriores.

Tal como já vos havíamos dado conta, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) participou na Litter Less Campaign (ver It is important to recycle used cooking oil!… Na Litter Less Campaign), um projeto internacional coordenado pela Foundation for Enironmental Education (FEE), que chegou este ano a Portugal, desafiando os jovens a observar, interpretar, reportar e encontrar soluções mais sustentáveis para a problemática dos resíduos. Esta participação consistiu na submissão de um artigo, quatro foto reportagens e uma vídeo reportagem, trabalhos realizados por estudantes do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da ESTeSL que concorreram no 3º Escalão: 19-21 anos.

A Eco-Escola ESTeSL na Litter Less Campaign

Há semelhança do que tem acontecido nos anos anteriores, em que temos garantido para a ESTeSL um número significativo de vitórias nos concurso em que temos participado, este ano não será exceção. Tornou-se público esta noite que a Eco-Escola ESTeSL é a vencedora, no seu escalão, da categoria de foto-reportagem com o trabalho “One bottle makes de difference”, dos estudantes André Nunes Pereira, Orlando Costa Neves, Rebeca Somkereki e Vitória Fragoso Matos.

Na sequência desta vitória, o trabalho vencedor será selecionado para participar no concurso internacional promovido pela FEE e um estudante do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da ESTeSL, co-autor da foto-reportagem vencedora, irá participar num workshop/missão internacional, a ter lugar no Chipre, com todas as despesas pagas.

Muitos parabéns!

Ainda antes do arranque formal da nova temporada Eco-Escolas, os desafios já começam a surgir em catadupa.

Para abrir as hostilidades apresentamos o Concurso Internacional de Desenho e Fotografia – ENERGIA SOLAR, uma iniciativa do projecto europeu 10ACTION , um projeto financiado pelo programa “Energia Inteligente – Europa” da Comissão Europeia.

Em Portugal o concurso é organizado pela ADENE – Agência para a Energia, em colaboração com a ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa, através do Programa Eco-Escolas.

Os estudantes da ESTeSL serão enquadrados no 2.º escalão, correspondendo ao concurso de fotografia, sendo que os participantes terão que ter no máximo 19 anos .

O concurso estará aberto entre 15 de setembro e 15 de outubro e os prémios são aliciantes.

Sabemos haver muitos estudantes com aptidão para a fotografia. Quem quer tentar?

Imaginam-se sem a Eco-Escola ESTeSL?

É natural que sim. Contudo, o Programa Eco-Escolas, em implementação pelo segundo ano na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) já começa a fazer parte daqueles que diariamente vão ocupando os corredores, as salas de aula e os gabinetes. Sejam docentes, estudantes ou não docentes, estamos aqui por vocês… estamos aqui para que, em conjunto, possamos tornar a ESTeSL uma escola ainda mais aprazível… para que a ESTeSL se torne uma referência naquilo que diz respeito às boas práticas ambientais e de sustentabilidade.

Elas podiam viver sem a Eco-Escola ESTeSL?
Poder podiam, mas não era a mesma coisa.

Vik Muniz, nome pelo qual é conhecido o artista plástico Vicente José de Oliveira Muniz,  é reconhecido pela utilização de diferentes materiais para as suas obras e já foi alvo da nossa atenção a propósito do filme Lixo Extraordinário (ver Lixo Extraordinário e Lixo Extraordinário, um filme a rever!).

Hoje voltamos a referi-lo a propósito da exposição a não perder, VIK – Retrospetiva de Vik Muniz, que pode ser visitada a partir de amanhã, dia 21 de Setembro, até ao dia 31 de Dezembro, no Museu Colecção Berardo.

«A exposição VIK é a maior retrospectiva do artista plástico brasileiro Vik Muniz (n.1961) até à data, onde se pode ver mais de uma centena de trabalhos representativos da sua trajetória artística.
Apoiado no uso de materiais pouco convencionais, Vik Muniz imprimiu a sua marca em trabalhos fotográficos realizados a partir de ténicas e elementos tão diversos como papel recortado, sucata, calda de chocolate e algodão. A relação entre os materiais utilizados e a referência a clássicoa da história de arte, originou obras emblemáticas como a famosa réplica da “Mona Lisa” de Leonardo da Vinci, feita com geleia e manteiga de amendoim.
Recentemente, o artista tem-se dedicado à criação de obras de grande escala, destacando-se a série de imagens feitas a partir de lixo.»




Introduza o seu e-mail


Dezembro 2017
S T Q Q S S D
« Nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias
Parceiros