Archive for the ‘Eventos’ Category

Foi no passado dia 10 de novembro que a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) promoveu a atividade “Hábitos Tabágicos: saúde e ambiente requerem uma ação urgente!”, associada ao Global Action Days (GAD), que contou com a parceria da Associação de Estudantes da ESTeSL, da Junta de Freguesia do Parque das Nações, da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), do Portugal Sem Beatas e dos Green Smokers Alliance e que, para todos os efeitos, damos por termina hoje, já integrada na European Week for Waste Reduction (que decorre de 18 a 26 de novembro) com a avaliação final da ação.

A ESTeSL, os Global Action Days e a European Week for Waste Reduction

Na atividade Global Action Days da ESTeSL participaram cerca de 165 membros da comunidade académica, nomeadamente 2 docentes de Saúde Ambiental (coordenadores Eco-Escolas) e 2 de Cardiopneumologia, assim como 161 estudantes de Ciências Biomédicas Laboratoriais, Fisiologia Clínica, Fisioterapia, Imagem Médica e Radioterapia e de Saúde Ambiental, e contou ainda com a presença de Mário Patrício, Presidente da Junta de Freguesia do Parque das Nações, de um fiscal municipal da área da gestão urbana, assim como do fotógrafo da junta de freguesia.

Tal como havia sido inicialmente previsto, a atividade decorreu na Av. D. João II e na Alameda dos Oceanos, com início na Praça da Saúde e fim junto ao Pavilhão de Portugal. Os estudantes e docentes foram divididos em dois grupos que asseguraram a recolha de resíduos e a avaliação do monóxido exalado aos fumadores num percurso de aproximadamente 1000 metros.

Os estudantes de Fisiologia Clínica, acompanhados pelas docentes Anália Clérigo e Joana Belo, abordaram e mediram o monóxido de carbono a cerca de 27 fumadores (dos quais 5 de nacionalidade não portuguesa). A todos os fumadores foi feita uma breve abordagem sobre as vantagens em não fumar e referida a importância de procurar ajuda para a cessação tabágica.

No percurso realizado, foram vários os transeuntes que felicitaram a ESTeSL pela iniciativa, havendo inclusive alguns, maioritariamente não portugueses, que fizeram questão de participar, tendo acompanhado a atividade durante parte do percurso, recolhendo, também eles, alguns resíduos.

Os resíduos recolhidos, cerca de 15 quilogramas (aproximadamente 30000 unidades), serão entregues à associação Portugal Sem Beatas e aos Green Smokers Alliance, para que sejam objeto de reciclagem.

Esta ação, que teve também o propósito de contribuir para a integração dos novos estudantes, foi divulgada na plataforma EXARP (movimento que pretende valorizar as práticas positivas de integração de estudantes no ensino superior e afirmar as suas instituições como farol do conhecimento na sociedade e nos locais onde se inserem) sob a designação Global Action Days 2017  e mereceu destaque na comunicação social, tendo sido publicadas notícias na News Pharma e no Jornal Económico, assim como a divulgação na página da Associação Bandeira Azul da Europa.

Finda que está a atividade e integrando-a na European Week for Waste Reduction, deixamos aqui um agradecimento nominal a todos aqueles que participaram ativamente.

Muito obrigado…

Adriana Almeida, Adriana Porto, Afonso Correia, Alexandre Mergulhão, Ana Catarina Ferreira, Ana Catarina Tendeiro, Ana Cláudia Salsinha, Ana Isabel Jorge, Ana Margarida Alves, Ana , Margarida Correia, Ana Margarida Fraga, Ana Medeiros, Ana Monteiro, Ana Raquel Rita, Ana Roque, Ana Sena, Ana Sofia Padinha, Anália Clérigo, Andreia Cristovão, Andreia Machado, Bárbara Almeida, Beatriz Bernardo, Beatriz Bom, Beatriz Cordeiro da Silva, Beatriz Leão, Beatriz Luz, Beatriz Marques, Beatriz Rodrigues, Beatriz Teixeira, Bernardo Silva, Bruna Gouveia, Carina Nunes, Carina Silva, Carolina Fernandes, Carolina Fernandes, Carolina Morais, Carolina Rodrigues, Catarina Alemão, Catarina Anastácio, Catarina Gomes, Catarina Henriques, Catarina Horta, Catarina Lopes, Catarina Nunes, Catarina Soares, Catarina Teixeira, Cátia Feliz, Cláudia Rodrigues, Cristiana Costa, Cristina Freitas, Dalila Gonçalves, Daniel Costa, Daniel Parreira, Daniela Godinho, Daniela Lourenço, Daniela Mestre, David Chaves, Débora Cruz, Diogo Alexandre, Diogo Araújo, Diogo Lázaro, Eduardo Ermida, Elisabete Silvestre Santos, Fábio Costa, Felícia Silva, Francisco Mascarenhas, Gonçalo Ferreira, Gonçalo Henriques, Gonçalo Jordão, Gonçalo Ramos, Gonçalo Terenas, Gustavo Marques, Hugo Silva, Inês Carapeta, Inês César, Inês Fernandes, Inês Nunes, Inês Pinheiro, Inês Silva, Inês Soares, Irene Morais, Isabel Teixeira, Jéssica Cardoso, Jéssica Carina Moreira, Jéssica Sodré, Joana Azevedo, Joana Belo, Joana Brito, Joana Castanheira, Joana Gonçalves, Joana Leão Selorinda, Joana Morais, Joana Sales, Joana Teodoro, João Branco, João Carreiras, João Gomes, João Guilherme Silva, João Pinto, José Cardoso, Jucátia Mota, Leonor Amaro, Liliana Natividade, Luís Araújo, Luís Sobral, Madalena Barata, Manuel Gonçalves, Márcia Pimenta, Margarida Duarte, Margarida Gaisita, Margarida Lopes, Margarida Rafael, Margarida Silva, Margarida Vasques, Maria Correia, Maria Flor Silva, Maria Magalhães, Maria Margarida Sousa, Mariami Gasviani, Mariana Ferreira, Mariana Matos, Mariana Pereira, Mariana Rosa, Mariana Simão, Marlene Guerreiro, Matilde Sardinheiro, Maura Couteiro, Mauro Batista, Miguel Carmo, Mónica Duarte, Mónica Figueira, Nuno Alexandre Pires, Nuno Carvalho, Patrícia Beco, Patrícia Duarte, Patrícia Fernandes, Patrícia Monteiro, Paulo Dias, Pedro Carvalho, Pedro Figueiredo, Pedro Francisco, Pedro Pena, Pedro Sousa, Rafael Antunes, Raquel Bacalhau, Ricardo Lopes, Ricardo Pé-Leve, Rita Cordeiro, Rita Evangelho, Rita Ramos, Rita Santos, Samuel Neves, Sara Santos, Sara Viegas, Sofia Pombas Caetano, Sofia Santos, Suazilene Sacramento, Susana Camala, Teresa Lourenço, Tiago Lourenço, Vanessa Major, Vítor Manteigas, Vitória Francisca, Vladimir Silva e Whitney Aprel.

Foi nos passados dias 10 e 11 de novembro, que teve lugar em Mafra a edição deste ano do Seminário Nacional Jovens Repórteres para o Ambiente e onde, naturalmente, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) marcou presença.

A saída de Lisboa teve lugar ao fim da manhã, depois de garantida a atividade do Global Action Days, com a partilha de viatura entre os docentes e estudantes participantes (professores Ana Monteiro e Vítor Manteigas e estudantes Beatriz Luz, Filipe Vinhais e Hugo Silva).

Esta participação, que aconteceu já pela quinta vez consecutiva, surgiu na sequência do trabalho desenvolvido no Programa Jovens Repórteres para o Ambiente | Young Reporters for the Environment, e que veio a culminar com a atribuição do primeiro lugar na modalidade de vídeo campanha e de uma menção honrosa na categoria de fotografia, no concurso Litter Less Campaign (ver “Beatas no chão… NÃO!” e a participação da ESTeSL na Litter Less Campaign e ESTeSL representa Portugal no concurso internacional Litter Less Campaign), trabalhos dos estudantes Beatriz Luz, Hugo Silva e Sofia Coelho. Garantiu-se ainda a atribuição de uma menção honrosa na modalidade de foto-reportagem no concurso nacional Jovens Repórteres para o Ambiente, com o trabalho “Dejetos na via pública: um problema de saúde pública“, das estudantes Jéssica Moreira, Laura Fernandes e Suazilene Sacramento.

A ESTeSL no Seminário Nacional Jovens Repórteres para o Ambiente 2017

Na edição deste ano do Seminário Nacional Jovens Repórteres para o Ambiente, os estudantes e professores participantes integraram grupos de trabalho distintos que culminaram na preparação de artigos de índole jornalístico, de foto-reportagens e de vídeo-reportagens, associados às saídas de campo que tiveram lugar na tarde de sexta-feira. As saídas de campo em que a comitiva da ESTeSL participou, realizadas em simultâneo, foram: (i) Vale do Lizandro; (ii) Tratolixo; (iii) Reserva Mundial de Surf; e (iv) Mosteiro de Mafra e Jardim do Cerco. Decorreu ainda uma visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico mas na qual não houve a participação de nenhum elemento da escola.

Este foi um fim-de-semana intenso, de muito trabalho, com os estudantes da ESTeSL a terem um papel relevante nos grupos de trabalho em que participaram, mas também com muita diversão, muitas novas amizades e excelentes ideias para os desafios que se aproximam, tendo como mote a Saúde e o Ambiente e que em breve anunciaremos. Este ano haverão Missões Jovens Repórteres muito interessantes, como sempre!

Para finalizar, deixamos uma nota de destaque à organização (parabéns a toda a equipa da Associação Bandeira Azul da Europa) e um cumprimento especial à comitiva da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTeSC) com a qual temos vindo a criar sinergias (e boas energias) para a concretização de alguns trabalhos conjuntos.

Galardão Eco-Escolas (Bandeira Verde 2016-2017)
Já está disponível no portal da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), na área de acesso restrito aos coordenadores do Programa Eco-Escolas, a indicação de que a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) foi novamente reconhecida enquanto Eco-Escola.

Este ano, a atribuição do Galardão Eco-Escolas, a Bandeira Verde, surge também na sequência da nossa participação no projeto Interreg Sudoe ClimACT e de todo o trabalho entretanto desenvolvido. Relembramos ainda que este ano fomos, pela primeira vez, sujeitos à auditoria de qualidade, tornando-nos na primeira instituição de ensino superior a passar por este processo, do qual ainda não sabemos o resultado.

A “aventura” começou ano letivo de 2010/2011 e desde então nunca mais parou.  Este ano conseguiu-se, pelo sétimo ano consecutivo, conquistar mais um galardão que iremos receber no Encontro Nacional “Dia das Bandeiras Verdes“, no dia 27 de setembro, em Mafra.

A atribuição deste sétimo galardão vem reconhecer o trabalho de mérito que temos vindo a desenvolver ao longo destes anos, em prol de uma educação para a sustentabilidade, de qualidade, e que este ano foi também, à semelhança dos anos anteriores, objeto da atribuição de vários prémios (ver “A ESTeSL, a Geodiversidade e a Geração Depositrão, pois então!“).

Parabéns a toda a comunidade académica da ESTeSL e aos membros do Conselho Eco-Escolas e da Comissão Baixo Carbono um agradecimento especial, assim como a todos os parceiros que desde 2010 têm contribuído para a concretização deste sonho.

Realiza-se no próximo dia 29 de Maio de 2017, no Auditório do Instituto de Soldadura e qualidade (ISQ), no Taguspark, em Oeiras, o Seminário “Descarbonização da Economia – Novos Desafios para os Edifícios“.

Descarbonização da Economia - Novos Desafios para os Edifícios

Este evento tem como objetivo apresentar dois projetos de investigação europeus, o MOEEBIUS e o ClimACT, e ao mesmo tempo divulgar os mais recentes desenvolvimentos no enquadramento, implementação e financiamento da eficiência energética em edifícios.

PROJETO CLIMACT | ClimACT – “Acting for the transition to a low carbon economy in schools – development of support tools” visa promover a transição para uma economia de baixo carbono no sector da educação, criando uma rede temática na região SUDOE e utilizando uma metodologia de Living Lab para apoiar o desenvolvimento de ferramentas inovadoras e modelos de negócios específicos para escolas. As soluções desenvolvidas serão validadas em 35 escolas demonstradoras localizadas em Portugal, Espanha, França e Gibraltar.

PROJETO MOEEBIUS | MOEEBIUS – “Modelling Optimization of Energy Efficiency in Buildings for Urban Sustainability” introduz uma metodologia holística de otimização da eficiência energética, com o objetivo de melhorar as estratégias atuais de modelação e disponibilizar ferramentas de simulação inovadoras capazes de descrever a operação dos edifícios em contexto real. As soluções desenvolvidas serão validadas em diversos tipos de edifícios localizados em Portugal, no Reino Unido e na Sérvia.

A inscrição é gratuita mas obrigatória.

A Futurália, que se apresenta como sendo um evento dedicado à educação, formação e orientação educativa, teve o seu início hoje, dia 29 de março, e decorre na Feira Internacional de Lisboa (FIL), até ao próximo sábado, dia 1 de abril.

A Futurália conta com a presença de inúmeras instituições de ensino (nacionais e estrangeiras) que apresentam as suas ofertas formativas, sejam elas para jovens ou adultos, conferentes, ou não, de grau académico (ensino superior, formação profissional, etc). O evento conta ainda com uma programação paralela de palestras, workshops e debates com o intuito de orientar os jovens e profissionais visitantes, além daquelas que serão as atividades lúdicas, concursos e demonstrações a ter lugar ao longo destes dias.

A Eco-Escola ESTeSL na Futurália

Associada à presença da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) que, tal como vem sendo hábito, pode ser visitada no stand do Instituto Politécnico de Lisboa, o Programa Eco-Escolas da ESTeSL marcou hoje presença, fazendo-se representar pelas estudantes Inês Ouro e Mariana Matos, assim como pelo professor Vítor Manteigas (Coordenador Eco-Escolas e Coordenador Baixo Carbono) e pela Dra. Cláudia Guerreiro, conselheira Eco-Escolas e membro da Comissão Baixo Carbono, que se fizeram acompanhar pela Bandeira Verde 2010/2011, o primeiro galardão Eco-Escolas conquistado pela ESTeSL.

I Encontro Nacional de Bibliotecas Públicas para o Desenvolvimento SustentávelA International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA) divulgou no decurso do ano passado, a 28 de Junho de 2016, um documento orientador para as bibliotecas do mundo  – Access and Opportunity for All: How Libraries contribute to the United Nations 2030 Agenda – veiculando a importância que estes equipamentos culturais e construtores de conhecimento têm no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

A declaração Statement on Libraries and Sustainable Development já introduzira em 2002 o acesso à informação como fator preponderante para a promoção do desenvolvimento sustentável e o Libraries and implementation of the UN 2030 Agenda – toolkit (2015) enquadra as bibliotecas como motor para o desenvolvimento local e regional.

I Encontro Nacional de Bibliotecas Públicas para o Desenvolvimento Sustentável proposto agora pela Rede de Bibliotecas Municipais de Loures, pretende criar um espaço de debate e discussão no seio das bibliotecas publicas portuguesas reunindo representantes da DGLAB e da BAD bem como entidades externas locais que se possam constituir como futuros parceiros na implementação de projetos que consubstanciem os ODS da Agenda 2030.

Este encontro que se realizará no dia 10 de Fevereiro na Biblioteca Municipal José Saramago (Loures) irá reunir alguns projetos de bibliotecas públicas nacionais para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (painel da manhã) e uma mesa redonda que irá juntar bibliotecários e representantes de entidades públicas ligadas à saúde, emprego e missão social (tarde).

Para mais informações, sugerimos que consultem o programa.

Foi nos passados dias 20, 21 e 22 de janeiro de 2017, no  Centro Cultural de Ílhavo, que teve lugar o Seminário Nacional Eco-Escolas 2017. Na edição deste ano a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) fez-se representar pelo professor Vítor Manteigas, Coordenador Baixo Carbono (no âmbito do projeto Interreg Sudoe ClimACT), coordenador do Programa Eco-Escolas na ESTeSL e docente da área científica de Saúde Ambiental, que se deslocou a Ílhavo em carpool, partilhando carro com colegas professoras da EB23 Mário de Sá Carneiro e da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

O Seminário decorreu da melhor forma e de acordo com o previsto no programa. Dos trabalhos constaram workshops, fóruns Eco-Escolas e painéis temáticos, sendo que em simultâneo teve lugar uma Eco-Mostra.

A ESTeSL e o projeto Interreg Sudoe ClimACT no Seminário Nacional Eco-Escolas 2017

Da participação da ESTeSL, destacamos a realização de uma reunião de trabalho no âmbito do projeto Interreg Sudoe ClimACT, que contou com a presença de alguns dos parceiros, nomeadamente a Associação Bandeira Azul da Europa, a Edigreen, o Instituto Superior Técnico e alguns dos municípios das escolas participantes, assim como dos Coordenadores Baixo Carbono de cinco das escolas portuguesas, uma das quais a ESTeSL. Para além disso, o professor Vítor Manteigas coordenou também um dos fóruns Eco-Escolas, com participantes de todos os níveis de ensino, onde se debateu a metodologia de implementação do Programa Eco-Escolas e, em grupo, se elaboraram Planos de Ação associados aos temas “Energia” e “Espaços Exteriores”.

E assim se resume (e muito!) aquela que foi a participação da ESTeSL no Seminário Nacional Eco-Escolas 2017. Para o próximo ano lá estaremos (seja onde for!) para contribuir da melhor forma que soubermos para o sucesso das Eco-Escolas portuguesas, em Portugal e no mundo.




Introduza o seu e-mail


Janeiro 2018
S T Q Q S S D
« Nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias
Parceiros