Archive for the ‘Divulgação’ Category

No dia em que os colocados da última fase do concurso de acesso ao ensino superior souberam o resultado que condicionará o seu futuro, damos os parabéns a todos e em particular aos estudantes da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL). A de partir de hoje, e um pouco mais tarde do que tem acontecido em anos anteriores, as Agenda e Guia ESTeSL 17’18 já estão disponíveis para entrega na loja de imagem da Associação de Estudantes da ESTeSL-IPL, entre as 10h00m e as 17h00m de segunda a quinta-feira e das 10h00m às 14h00m na sexta-feira.

Agenda e Guia ESTeSL 17'18

Na Agenda e Guia ESTeSL 17’18 poderão encontrar o Eco-Código e Código Climático da ESTeSL, através da reprodução do Poster Eco-Código e Código Climático referente ao ano de 2017. Este Eco-Código e Código Climático da ESTeSL, à semelhança dos anteriores,  apresenta uma série de “sugestões” cuja prática, por parte de toda a comunidade académica, deverá-se-á refletir ao longo deste ano letivo.

Findo que está o processo de acesso ao ensino superior, desejamos a todos os estudantes da ESTeSL um excelente ano letivo e damos a todos os “eco-caloiros” as boas “eco-vindas” à Eco-Escola ESTeSL.

A Futurália, que se apresenta como sendo um evento dedicado à educação, formação e orientação educativa, teve o seu início hoje, dia 29 de março, e decorre na Feira Internacional de Lisboa (FIL), até ao próximo sábado, dia 1 de abril.

A Futurália conta com a presença de inúmeras instituições de ensino (nacionais e estrangeiras) que apresentam as suas ofertas formativas, sejam elas para jovens ou adultos, conferentes, ou não, de grau académico (ensino superior, formação profissional, etc). O evento conta ainda com uma programação paralela de palestras, workshops e debates com o intuito de orientar os jovens e profissionais visitantes, além daquelas que serão as atividades lúdicas, concursos e demonstrações a ter lugar ao longo destes dias.

A Eco-Escola ESTeSL na Futurália

Associada à presença da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) que, tal como vem sendo hábito, pode ser visitada no stand do Instituto Politécnico de Lisboa, o Programa Eco-Escolas da ESTeSL marcou hoje presença, fazendo-se representar pelas estudantes Inês Ouro e Mariana Matos, assim como pelo professor Vítor Manteigas (Coordenador Eco-Escolas e Coordenador Baixo Carbono) e pela Dra. Cláudia Guerreiro, conselheira Eco-Escolas e membro da Comissão Baixo Carbono, que se fizeram acompanhar pela Bandeira Verde 2010/2011, o primeiro galardão Eco-Escolas conquistado pela ESTeSL.

No último fim-de-semana foram conhecidos os resultados da primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior e a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) voltou a ganhar vida. No decurso da semana que agora termina e já por aqui pudemos encontrar os estudantes que estão a fazer a sua matrícula no primeiro ano e alguns pais que visitam as nossas instalações.

Agenda e Guia ESTeSL 2016 | 17

É no momento da matrícula que é entregue aos cerca de 400 novos estudantes dos cursos de licenciatura, a Agenda e Guia ESTeSL 2016|17, onde poderão encontrar o Eco-Código ESTeSL, através da reprodução do Poster Eco-Código ESTeSL referente ao ano de 2016 e que tenderá a refletir-se ao longo deste ano letivo.

Aos estudantes da ESTeSL desejamos um excelente ano letivo e damos a todos os “eco-caloiros” as boas “eco-vindas” à Eco-Escola ESTeSL.

Teve hoje lugar, na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL), a primeira de duas reuniões da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) com Diretores de Agrupamento e de Escolas. Esta reunião contou com a presença de mais de 200 participantes que receberam as boas-vindas do vice-presidente da ESTeSL (e membro do conselho eco-escolas da ESTeSL) professor Luís Lança.

Numa primeira parte, e depois da apresentação do Programa Eco-Escolas, foi tema de conversa as “Boas Práticas de Gestão do Programa Eco-Escolas em Agrupamento”, com António Gouveia, Diretor do Agrupamento de Escolas D. Maria II. Manuel Gouveia (Sintra) e Isabel Araújo, Diretora da  Escola Secundária D. Manuel Martins (Setúbal). Após um pequeno intervalo, os trabalhos continuaram com a apresentação de um “Exemplo de um Projeto para Agrupamentos na rede Eco-Escolas” com Filipa Moita, responsável de Comunicação da ERP Portugal (Geração Depositrão). Para terminar, promoveu-se a “Divulgação de Boas Práticas de Eco-Escolas” onde marcaram presença a Tânia Silva, educadora do Jardim de Infância da Ameixoeira (Lisboa) e Marta Albuquerque, professora da Escola EB 2,3 Roque Gameiro (Amadora).

ESTeSL acolhe reunião com Diretores de Agrupamentos

 

Por forma a envolver mais diretamente os agrupamentos no Programa Eco-Escolas, estão agendadas duas reuniões com os Diretores de Agrupamento em julho: dia 12 em Lisboa; dia 18 no Porto.

Há 20 anos que o Programa Eco-Escolas é desenvolvido em Portugal tendo vindo a ser reconhecido a nível nacional e internacional como uma ferramenta privilegiada, não só para a integração curricular e trabalho interdisciplinar, como também para a gestão mais sustentável dos estabelecimentos escolares.

Esta ação, especialmente destinada aos Diretores de Agrupamento, ou de Escolas, visa esclarecer e explicar não só o âmbito, objetivos e metodologia do Programa Eco-Escolas, como também clarificar as questões relativas à necessidade de assegurar atempadamente nos horários dos professores os cargos de coordenação.
Pretende ainda apresentar e divulgar o conceito de eco-agrupamento, distinção que começou a ser atribuída em 2015.

Hoje, dia 5 de julho, e a convite da comissão organizadora do 5.º Seminário de Matemática e Ciências Experimentais, promovido pela Escola Superior de Educação (ESELx) do Instituto Politécnico de Lisboa (IPL), a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) participou no Simpósio “Ambientes Saudáveis e Sustentáveis”, onde o professor Vítor Manteigas, um dos coordenadores do Programa Eco-Escolas na ESTeSL, apresentou a comunicação “ESTeSL, uma Eco-Escola no ensino superior: as contingências de um caminho já trilhado”.

ESTeSL, uma Eco-Escola no ensino superior...

Numa primeira parte foram apresentadas as questões relevantes que justificam a necessidade de implementação de um programa de educação para o desenvolvimento sustentável nas instituições de ensino. Posteriormente foram abordadas as vantagens associadas à sua implementação e, por fim, foi explicitada a forma como a ESTeSL tem garantido a implementação do Programa Eco-Escolas, seguindo a metodologia proposta pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE). A apresentação foi ultimada com um pequeno vídeo ilustrativo de algumas atividades que têm vindo a ser desenvolvidas desde o início da implementação do Programa Eco-Escolas na ESTeSL, estávamos no ano letivo 2010/2011.

As instituições de ensino têm um papel crucial na construção da visão de um futuro sustentável na medida em que ao transmitirem valores e princípios ambientais aos seus estudantes estão a propiciar que estes tomem decisões futuras, ponderando os valores ambientais. A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL), uma eco-escola no ensino superior desde o ano letivo 2010/2011, tem vindo, de forma sistemática, a abraçar novos desafios associados à educação para o desenvolvimento sustentável e à adoção de práticas que se querem “amigas do ambiente”, num percurso pejado de sucessos e de constrangimentos que importa conhecer.

Este ano, tal como vem sendo hábito desde há alguns anos, todos os estudantes da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) têm em mãos a Agenda e Guia ESTeSL. Na edição respeitante ao ano letivo 2015/2016, poderão encontrar mais uma vez o Eco-Código ESTeSL, através da reprodução do Poster Eco-Código ESTeSL referente ao ano de 2015 e que tenderá a refletir-se ao longo deste ano letivo.

Agenda Guia 2015/16 (ESTeSL)

Aos estudantes da ESTeSL desejamos a continuação de um excelente ano letivo e sugerimos dedicação e empenho para o que resta deste primeiro semestre, para o que resta desde ano letivo e, naturalmente, para o que resta do curso que escolheram frequentar.

Fórum Temático sobre Eco-Escolas no Ensino SuperiorO Programa Eco-Escolas é um programa internacional da Foundation for Environmental Education, desenvolvido em Portugal desde 1996 pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) e que pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade.
O Programa é coordenado a nível internacional, nacional, regional e de escola. Esta coordenação multinível permite a confluência para objetivos, metodologias e critérios comuns que respeitam a especificidade de cada escola relativamente aos seus estudantes e caraterísticas do meio envolvente.

A primeira participação de uma instituição de ensino superior (Irkutsk State Pedagogical University, Russia) teve lugar em 2003 e a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa (ESTeSL-IPL), aderiu ao Programa em 2010 tendo já garantido o hastear de quatro Bandeiras Verdes (galardão Eco-Escolas) como forma de reconhecimento (nacional e internacional) do seu trabalho no âmbito da Educação Ambiental para a Sustentabilidade.

O Fórum Temático sobre Eco-Escolas no Ensino Superior, evento que teve a sua génese no seio do Concelho Eco-Escola da ESTeSL, sob proposta da conselheira Cristina Perdigão, vice-presidente do IPL, ocorreu esta manhã, dia 29 de maio, nos Serviços da Presidência, e pretendeu dar a conhecer o Programa Eco-Escolas e a sua implementação ao nível do ensino superior em Portugal e no mundo, disseminando as boas práticas desenvolvidas e replicando-as, com as necessárias adaptações, às restantes unidades orgânicas do IPL e eventualmente a outras instituições de ensino superior em Portugal, algumas delas presentes, nomeadamente: Escola Superior Agrária de Beja, Escola Superior de Educação de Lisboa, Escola Superior de Comunicação Social de Lisboa, Escola Superior de Saúde do Alcoitão, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa,  Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto, Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa, entre outras. Salienta-se ainda a presença e particular interesse nesta matéria por parte dos Serviços de Ação Social do IPL.

Este evento, numa organização conjunta do IPL e da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) foi, cumulativamente, o II Encontro Internacional de Eco-Universidades (ver Eco-Universidades Mundus) e contou com a participação de José Archer (presidente da ABAE) e de Margarida Gomes (coordenadora pedagógica do Programa Eco-Escolas). Representando instituições galardoadas que apresentaram algumas das suas boas-práticas tiveram Ana Monteiro, Hélder Simões e Mafalda Nunes (coordenadores Eco-Escolas da ESTeSL, ESTeSC e ESTSP, respetivamente), assim como a estudante Filipa Figueiredo, também ela da ESTeSL.

Um dos momentos mais interessantes da manhã acabaram por ser as sessões Skype com Edward Murphy do Hospital Universitário de Cork (Cork University Hospital) da Irlanda, primeiro hospital a receber o galardão Bandeira Verde, e de Daniel Murphy, CEO da Foundation for Environmental Education, da Dinamarca.

O Fórum Temático sobre Eco-Escolas no Ensino Superior terminou com a participação de Vítor Manteigas (coordenador Eco-Escolas da ESTeSL) e Margarida Gomes (ABAE) que contribuiram para o esclarecimento de algumas questões práticas associadas à implementação do Programa Eco-Escolas e tendo como referência o exemplo da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.

Esta manhã acabou por se revelar extremamente profícua, ficando a garantia de que em breve mais unidades orgânicas do IPL irão entrar na “corrida” pela Bandeira Verde. Cá estaremos para o que for preciso!!




Introduza o seu e-mail


Dezembro 2017
S T Q Q S S D
« Nov    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
Categorias
Parceiros