Archive for the ‘Comemorações’ Category

Foi no passado dia 3 de maio de 2018, no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL), que teve lugar a cerimónia de celebração do 32.º aniversário do Instituto Politécnico de Lisboa (IPL). Foi durante a cerimónia que Vítor Manteigas, docente do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) e coordenador dos Programas Eco-Escolas e Jovens Repórteres para o Ambiente, foi distinguido com o Prémio de Excelência nas áreas de Tecnologias e Engenharias, relativo aos Prémios de Reconhecimento de Atividades com Relevância na Comunidade.

A atribuição dos Prémios de Reconhecimento de Atividades com Relevância na Comunidade pretende reconhecer o trabalho de docentes, investigadores e pessoal não docente na sua relação com a comunidade, nas situações em que existe uma interação clara, através do trabalho desenvolvido, da Unidade Orgânica ou do IPL, para a sociedade. Anualmente é atribuído um Prémio de Excelência por cada grande área do conhecimento do Politécnico de Lisboa (Artes, Ciências Sociais e Tecnologias e Engenharias) e este reconhecimento resulta do trabalho associado à educação ambiental para a sustentabilidade que foi desenvolvido no âmbito dos Programas Eco-Escolas e Jovens Repórteres para o Ambiente, no período 2015-2017.

Coordenador Eco-Escolas distinguido pelo Instituto Politécnico de Lisboa

Na sua intervenção pública, aquando da atribuição do Prémio de Excelência, Vítor Manteigas agradeceu a todos aqueles que contribuíram para este reconhecimento, nomeadamente à Presidência da ESTeSL (atual e precedentes) e ao Instituto Politécnico de Lisboa e respetiva Presidência, que desde o primeiro ano se fez representar nos diferentes Conselhos Eco-Escolas pelos vice-presidentes (Maria de Lurdes Serrazina, Ana Cristina Perdigão e António Belo). Agradeceu ainda a todos os parceiros, entidades externas que ao longo dos últimos anos têm trabalhado diretamente com a ESTeSL e integrado o Conselho Eco-Escolas (Câmara Municipal de Lisboa, Junta de Freguesia do Parque das Nações, Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, jornal Notícias do Parque e Serviços de Ação Social do IPL), assim como outras que mesmo não integrando o Conselho Eco-Escolas têm sido inexcedíveis no seu apoio. Deixou um “obrigado” a toda a comunidade académica, funcionários docentes, não docentes e estudantes, e em particular aos que têm integrado os diferentes Conselhos Eco-Escolas e mais recentemente as Comissões Baixo Carbono. Não deixou de referir as colegas de área científica e em particular a professora Ana Monteiro com quem, desde o primeiro dia, tem partilhado a coordenação do Programa Eco-Escolas na ESTeSL. Agradeceu  também às milhares de escolas do país que estão associadas aos Programas Eco-Escolas e Jovens Repórteres para o Ambiente e com quem tem sido possível aprender imenso, assim como à Associação Bandeira Azul da Europa e à Foundation for Environmental Education pelo reconhecimento dado ao trabalho que tem vindo a ser feito e que em muito contribuiu para o Prémio de Excelência agora atribuído.

Vítor Manteigas terminou a sua intervenção deixando um agradecimento especial a TODOS os estudantes, não deixando de enfatizar o contributo dos estudantes de Saúde Ambiental que, para além do seu papel de destaque no âmbito do Programa Eco-Escolas, têm também contribuído de forma significativa para o sucesso da implementação do Programa Jovens Repórteres para o Ambiente na ESTeSL.

Este prémio está associado aos últimos três anos mas a verdade é que não será possível esquecer o percurso iniciado em 2010/2011 e estes agradecimentos estenderam-se a todos aqueles que, numa ou noutra ocasião, colaboraram e/ou participaram nas inúmeras iniciativas que foram sendo promovidas e que desde essa data contribuíram para o sucesso alcançado pela ESTeSL e, naturalmente, pelo IPL na educação ambiental para a sustentabilidade.

As celebrações do trigésimo sétimo aniversário da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) terminaram na passada sexta-feira com o evento “Encontros com a Ciência na ESTeSL”, promovido pelo Conselho Técnico-Científico da ESTeSL, onde foi apresentado o projeto “ClimACT – Acting for the transition to a low carbon economy in schools”.

O projeto ClimACT no Encontros com a Ciência na ESTeSL

A apresentação ficou a cargo de Marta Almeida, do Instituto Superior Técnico (IST), coordenadora do projeto, e por  João Pombo e Filipe Silva, do Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ), membro do consórcio responsável pela implementação do projeto no sudoeste europeu e do qual a ESTeSL é uma das escolas piloto.

Para além da metodologia subjacente à implementação do ClimACT, foram ainda apresentados alguns dos dados decorrentes da auditoria energética e ambiental realizada na ESTeSL, assim como as tendências dos serviços de energia em edifícios e um caso de estudo de um projeto de eficiência energética, envolvendo empresas de serviços de energia e o próprio ISQ.

Posteriormente, foi também apresentado por Alice D’Onofrio, do IST, o projeto “MEDICIS – Produced radioisotope beams for medicine“.

Os Global Action Days são “Dias Internacionais de Ação” na comunidade, que devem ser encarados como uma oportunidade para mostrar ao mundo as diversas ações que diariamente são realizadas a favor do ambiente onde, para além das ações, o objetivo é também a inspiração e motivação para que se prossiga naquele que é o trabalho sempre inacabado de agir pela sustentabilidade.

Este ano, os Global Action Days irão decorrer entre os dias 6 e 12 de novembro e, pela primeira vez, foram finalmente assumidos pela Foundation for Environmental Education (FEE) para todos os programas da responsabilidade daquela organização, procurando envolver não só as Eco-Escolas e os Jovens Repórteres para o Ambiente, mas também as autarquias –  ECOXXI e Eco-FreguesiasXXI, assim como os gestores, trabalhadores  e utilizadores dos empreendimentos Green Key e das praias, marinas e embarcações Bandeira Azul.

Global Action Days (2017)

Portugal tem sido há mais de cinco anos o país com maior participação nesta iniciativa e que nunca parou de a realizar com as suas escolas! Deste alguns anos a esta parte que a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) tem vindo, de forma mais ou menos concertada, a dinamizar atividades associadas aos Global Action Days e este ano não será diferente.

Estamos em fase de preparação de uma atividade para a manhã do dia 10 de novembro e que irá estar associada a alguns dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e à  European Week for Waste Reduction (Semana Europeia da Prevenção de Resíduos) e para já, sugerimos que cativem a manhã daquele dia, para uma atividade hands on que irá marcar, seguramente, todos os participantes.

No Dia Mundial da Saúde que se celebra a 7 de abril, data escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), ninguém vai ficar parado!

Todos os anos, a OMS escolhe um tema central para ser debatido no Dia Mundial da Saúde e que representa uma prioridade na agenda internacional. O tema de 2017 é a depressão, com o lema “Let’s talk”, visando a iniciativa ajudar a prevenir e a tratar a depressão. Este dia é, assim, uma oportunidade única de alertar a sociedade para temas-chave na área da saúde que afetam a humanidade e para desenvolver atividades com vista à promoção do bem-estar das populações bem como promover hábitos de vida saudáveis.

No Dia Mundial da Saúde... "let's walk and talk"

Com este intuito, e no âmbito do programa Eco-Escolas da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) irá realizar-se uma caminhada, de aproximadamente 3 quilómetros, na área circundante à ESTeSL, para incutir a toda a comunidade académica a importância da adopção de um estilo de vida saudável. A par desta atividade, é também pretendido que seja feita uma observação ao longo de todo o percurso, de possíveis situações anómalas ao nível da mobilidade com o objectivo de estas serem posteriormente assinaladas na plataforma SIG da Rota da Mobilidade, coordenada pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

É importante trazer roupa e calçado confortável, água e máquina fotográfica (facultativo) ou o telemóvel para registar as situações anómalas de mobilidade encontradas e os momentos vividos em comunidade ao longo do percurso.

Contamos com a vossa presença para um “Let´s walk and talk” e celebrar desta forma o nosso “Dia Eco-Escolas“.

Hora do Planeta 2016Ainda antes da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) ter aderido formalmente ao Programa Eco-Escolas, que a celebração da Hora do Planeta tem vindo a ser uma prática recorrente, seja desligando apenas as luzes ou, já enquanto Eco-Escola, dinamizando algumas atividades que podem ser consultadas na categoria Hora do Planeta.

Se a Hora do Planeta, iniciativa promovida pela WWF, é a maior iniciativa à escala mundial de luta contra as alterações climáticas, que pretende envolver Cidadãos Comuns, Governos, Organizações e Empresas numa ação conjunta para sensibilizar os menos atentos para os efeitos do aquecimento global, importa agora garantir que cada um de nós, individualmente, parta para a ação.

Hora do Planeta 2016, o momento em que as luzes se apagarão durante 60 minutos num ato simbólico de preocupação ambiental, começando na Austrália e percorrendo todo o globo terrestre, acontecerá no dia 19 de março, entre as 20h30m e as 21h30m, e o desafio este ano vai para além da simples adesão institucional.

Este ano queremos que tu, sim tu!!… Queremos que tu tenhas um papel ativo nesta iniciativa. Em casa, na rua, seja onde for, celebra a Hora do Planeta (e o Dia do Pai) à luz daquela que é A Melhor Vela do Mundo com kits “De Fio a Pavio” e mostra-nos como o fizeste. Regista o momento e partilha-o connosco… aqui!

No dia 19 de março, durante a Hora do Planeta, desliga-te e mostra-nos como foi.

Hoje, dia 22 de maio, celebra-se o Dia do Abraço e o Dia Internacional da Biodiversidade e este parece-nos ser o momento adequado para recordar aquela que foi a forma encontrada para a divulgação do nosso primeiro Eco-Código. Estávamos no ano de 2011 e há quatro anos atrás, por esta ocasião, celebravam-se os 30 anos da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) e andávamos a distribuir abraços, eco-abraços.

Nenhum dos estudantes (ou muito poucos!) que agora frequentam a ESTeSL terão tido oportunidade de os receber mas terão com certeza a oportunidade de os dar.

E se um desconhecido lhe oferecer Eco-Abraços?…

Desde o ano de 2012 que a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) tem vindo a celebrar a Hora do Planeta de forma diferente. Para além do simples gesto de desligar as luzes do edifício da ESTeSL e dos espaços comuns, partilhados com a Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, têm-se criado alguns momentos que de alguma forma marcam a diferença em cada um dos anos.

A nossa Hora do Planeta foi "cantada"

Este ano, para além da parceria com A Melhor Vela do Mundo que nos disponibilizou 100 kits “De Fio a Pavio“, uma ação educativa de âmbito nacional desenvolvida pela Oil2Wax, em parceria com Fula e a Ciência Divertida e que distribuímos pelos participantes na Hora do Planeta, podemos dizer que a nossa Hora do Planeta foi “cantada”. Durante aquela hora (e mais alguns minutos) tivemos a companhia de cinco tunas universitárias que nos brindaram com uma serenata ao planeta. Muito obrigado à Tuna Académica Mista da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa (ArquitecTuna), à Tuna Académica do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (Magna Tuna Apocaliscspiana), à Tuna Académica de Psicologia e Ciências da Educação (TAPCE-UL), à Tuna de Medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa (Tuna Médica de Lisboa) e, naturalmente, à Tuna Universitária Corsários dos Açores (TUCA) por nos proporcionarem momentos inesquecíveis e que em breve aqui recordaremos.

Agora, que a Hora do Planeta já passou, importa fazer perdurar a hora…




Introduza o seu e-mail


Julho 2018
S T Q Q S S D
« Jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
Categorias
Parceiros