Archive for the ‘Cinema’ Category

No âmbito da Exposição Clima Expo 360º, sobre as Alterações Climáticas, patente no Museu Nacional de História Natural e de Ciência  (MUHNAC) até 28 de fevereiro de 2017, vai ser exibido amanhã, dia 31 de janeiro às 17h30m na sala Vandelli, do MUHNAC, o documentário coproduzido e apresentado por Leonardo DiCaprio “Before the Flood“.

Before the Flood

Neste documentário, com a chancela da National Geographic, Leonardo DiCaprio viaja pelos cinco continentes e o Ártico testemunhando as alterações climáticas que estão a ocorrer no mundo e contribuindo para divulgar ações que podem ser feitas por todos para prevenir eventos climáticos catastróficos. Durante a jornada, DiCarpio fala com cientistas, líderes mundiais, ativistas mas também residentes locais.

Após a exibição do documentário haverá um debate com a participação de Catarina Albuquerque (ONU), Susana Fonseca (ZERO) e Carlos da Câmara(FCUL) e moderado por João Mourato (ICS Lisboa).

O Lado Selvagem

O Lado Selvagem é inspirado numa história verídica de Christopher McCandless (Emilie Hirsch), um jovem que abandona a sua vida de conforto para procurar a liberdade total na estrada, uma viagem que o leva até ao lado selvagem do alaska e ao seu maior desafio.

Escrito e realizado por Sean Penn e com um elenco recheado de estrelas como William Hurt, Marcia Gay Hayden, Vince Vaught, Catherine Keener e Hal Holbrook, O Lado Selvagem é “tão incrivelmente excitante e emocionante como é de belo”.

Este é um filme, com o título original Into the Wild, que pode ser visto esta tarde no Espaço Multiusos da ESTeSL/ESEL, a partir das 15 horas, no âmbito da II Semana Solidária da ESTeSL. Apareçam!!

No dia 30 de novembro, é dia de A Última Hora.

No âmbito do ENASA 2012, aquela que será a quarta edição do Encontro Nacional de Alunos Saúde Ambiental, convidamos toda a comunidade académica a juntar-se a nós, pelas 16 horas no Auditório da ESTeSL/ESEL, para assistir ao documentário “A Última Hora” (com o título original “The 11th Hour”), narrado por Leonardo DiCaprio.

 

A Última Hora descreve o último momento em que ainda é possível mudar. O filme explora o modo como a humanidade chegou até esse momento: como vivemos, o impacto que provocamos sobre o ecossistema, e o que podemos fazer para mudar este quadro. O filme apresenta diálogos com especialistas do mundo inteiro, incluindo o antigo primeiro-ministro soviético Mikhail Gorbachev, o cientista Stephen Hawking, o homem que chefiou a CIA, R. James Woolsey, e autoridades em projetos de sustentabilidade como William McDonough e Bruce Mau, além de mais de 50 cientistas, pensadores e líderes, que apresentam factos e discutem os principais temas com que hoje se defronta nosso planeta.

Este ano, no âmbito da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, que decorre entre o dia 19 e o dia 27 de novembro de 2011, a comunidade académica da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) está convidada a fazer uma viagem transatlântica até ao aterro sanitário Jardim Gramacho, às portas da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

Entre as 8h30 e as 12h00m do dia 21 de novembro, no Auditório da ESTeSL, venham assistir a uma sessão dupla do filme Lixo Extraordinário, de Lucy Walker, com Vik Muniz.

No decurso do ano passado já aqui vos havíamos falado do Lixo Extraordinário (ver Lixo Extraordinário, um filme a rever!), deixando a garantia de que seria um filme a rever e a ser usado como ferramenta de educação ambiental. Vamos então revê-lo e ver quão extraordinário o lixo pode ser!

Para complementar, não se esqueçam de ir ver a Exposição VIK – Retrospetiva de Vik Muniz.

Foi no passado dia 25 de Maio que fizemos alusão ao documentário Um Grau faz a Diferença, do original One Degree Matters, um documentário galardoado no CINE’ECO 2010.

Ontem foi o dia em que, a convite da Divisão de Educação e Sensibilização Ambiental (agora Divisão de Gestão e Manutenção do Parque Florestal Monsanto) da Câmara Municipal de Lisboa, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL) se deslocou ao Espaço Monsanto para, no Auditório (infelizmente com alguns lugares vazios), assistir a este magnífico retrato actual e cenários futuros decorrente do aumento da temperatura terrestre até 5ºC.

Além da ESTeSL, também ex-estudantes se quiseram associar a esta iniciativa e para aqueles que infelizmente não nos puderam acompanhar deixamos aqui o documentário na integra. Deslumbrem-se!

A Divisão de Educação e Sensibilização Ambiental da Câmara Municipal de Lisboa vai comemorar a Semana do Ambiente, de 1 a 8 de Junho, com uma série de actividades muito variadas e dedicadas a diversos públicos. Dentro desta comemoração, os estudantes, pessoal docente e não docente da Escola Superior da Tecnologia da Saúde de Lisboa estão convidados a visitarem o Espaço Monsanto no dia 3 de Junho às 14h30m, para visionar um documentário intitulado “Um Grau faz a Diferença“, de Eskil Hardt.

Um Grau faz a Diferença” (One Degree Matters) é um filme dinamarquês, falado em inglês, com duração de 57 minutos e que apresenta os últimos avanços científicos sobre as alterações climáticas, que oferece soluções realistas e dá a realidade do aquecimento global, mostrando exemplos surpreendentes de indivíduos e comunidades que combatem os problemas ambientais do Mundo e que recebeu, entre outros, o Prémio Especial do Júri no CINE’ECO 2010 (Festival Internacional de Cinema e Vídeo de Ambiente de Seia).

Os interessados em assistir ao filme devem fazer a sua inscrição para o e-mail estesl@estesl.ipl.pt até ao fim do dia 31 de Junho. Para já deixamos o nosso agradecimento à Divisão de Educação e Sensibilização Ambiental da Câmara Municipal de Lisboa pelo convite que nos endereçaram.

Foi hoje que estreou em Portugal o filme (digo documentário) Lixo Extraordinário ao qual já aqui havíamos feito referência.

Ontem, contudo, tivemos a oportunidade a assistir à sua ante-estreia, no Cinema City Classic Alvalade, em Lisboa (uma oportunidade que nos foi concedida pela Sociedade Ponto Verde).

Este filme, cujo visionamento aconselhamos vivamente, retrata o trabalho desenvolvido pelo artista plástico brasileiro Vic Muniz no aterro sanitário Jardim Gramacho, às portas da cidade do Rio de Janeiro. É ali que Vic dá expressão artística às toneladas de resíduos que diariamente dão entrada naquele aterro e cuja triagem está a cargo de um grupo de catadores.

Este é um filme que, ao contrário dos filmes comuns, não vive de um argumento, de actores e de personagens. Este é um filme que, tal como nos filmes comuns, apela ao sentimento e acaba por nos provocar o riso e o choro, porque na verdade espelha a dura realidade de gente (quase) comum, como nós.

No próximo ano lectivo este será um filme que fará parte daqueles que faremos questão de disponibilizar à comunidade académica da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, no âmbito do Programa Eco-Escolas.

Naquilo que a nós diz respeito, Lixo Extraordinário será um filme a rever e a ser usado como ferramenta de educação ambiental.

Do lixo ordinário se conseguem coisas extraordinárias e porque, na verdade, do extraordinário das coisas, invariavelmente se chega a lixo. Cabe-nos a nós pessoas comuns (extra e ordinárias), que lutam por um Planeta mais limpo, zelar para que se faça arte com menos lixo.




Introduza o seu e-mail


Abril 2017
S T Q Q S S D
« Mar    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
Categorias
Parceiros