Archive for Outubro 1st, 2018

Muitos parabéns às estudantes Jéssica Moreira, Margarida Mossâmedes, Susana Camala e Suazilene Sacramento, do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) pelo trabalho submetido ao ISWA Video Award 2018, promovido pela International Solid Waste Association (ISWA), e que acabou por conquistar o segundo lugar deste concurso internacional.

De entre os 32 trabalhos submetidos, representantes de 18 países (África do Sul, Austrália, Áustria, Estados Unidos da América, Filipinas, Finlândia, França, Grécia, Hungria, India, Indonésia, Itália, Malásia, Nigéria, Portugal, Reino Unido, Singapura e Vietnam), as estudantes da ESTeSL acabaram por garantir o segundo lugar. Para além do segundo lugar conquistado por Portugal, importa salientar o facto do trabalho ter sido realizado sem grandes conhecimentos de recolha e edição de imagem, dando-se destaque à mensagem que se pretendia transmitir. O primeiro lugar foi conquistado por um trabalho das Filipinas e o terceiro lugar foi atribuído a um trabalho da Grécia.

O vídeo foi submetido a título individual e sem associação à ESTeSL, conforme as regras ditavam, mas resultou de um trabalho conjunto desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Gestão de Resíduos II, sob orientação do professor Vítor Manteigas. Muitos parabéns a TODOS os estudantes que, independentemente do curso, e para além das vencedoras, têm vindo a realizar trabalhos que de algum modo temos conseguido associar ao programa Eco-Escolas e ao projeto Interreg Sudoe ClimACT. Parabéns!!

The theme of this year’s award is “What Happens to my Waste?”

The ISWA Video Award is an online short video competition. Whether documentary, fiction, animation or a combination thereof – the decision about the film genre as well as the technical realisation is left up to the contestant. Only the length of the film is specified. The video must be minimum 30 seconds and should not exceed a total duration of 80 seconds.

Este vídeo tem como objetivo referir os riscos associados ao abandono de resíduos de plástico no ambiente, que apresentam um crescente perigo para este e, consequentemente, para a saúde pública. Muitas vezes, o destino final destes resíduos é o oceano e o seu longo período de degradação afeta a fauna e a flora. Pretendemos descrever o percurso de uma tampa de plástico de uma forma direta e simples, desde o momento em que é lançada para o chão até chegar ao oceano, percorrendo entretanto vários locais do mundo. Um ato tão simples e tão breve pode ter consequências devastadoras ao longo do tempo. O plástico tem um impacto negativo se não for encaminhado para tratamento adequado.




Introduza o seu e-mail


Outubro 2018
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Categorias