A Novo Verde – Sociedade Gestora de Resíduos de Embalagens, no âmbito do cumprimento do Plano de Prevenção e do Plano de Sensibilização, Comunicação e Educação (ponto 4.2 da Licença atribuída através do Despacho n.º 14202-D/2016, de 25 de novembro), irá promover uma sessão de formação do desafio Novo Verde Packaging Universities Award’18, que decorrerá no dia 12 de novembro, entre as 9h00m e as 13h00m, na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL), em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente, a Associação Bandeira Azul da Europa e a Direção-Geral das Atividades Económicas.

O programa (versão provisória em baixo) focará temas como a importância de boas práticas ambientais numa perspectiva de Economia Circular, com casos práticos de implementação deste conceito, apresentados pelas entidades convidadas, assim como pela ESTeSL que desde o ano letivo 2010/2011 tem vindo a ser reconhecida como Eco-Escola/Eco-Campus.

O público-alvo desta formação são estudantes, professores e representantes de entidades e empresas parceiras, sendo que toda a comunidade académica da ESTeSL e demais instituições de ensino superior estão desde já convidadas a participar.

WINNERS at "Interreg Talks 6 Projects, 1 Slam", during European Week of Regions & Cities

No decurso desta semana, a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) marcou presença na European Week of Regions and Cities (EURegionsWeek), que teve lugar em Bruxelas, na Bélgica, nos dias 8, 9 e 10 de outubro. Esta presença decorreu da participação da estudante Inês César (membro do Conselho Eco-Escolas e da Comissão Baixo Carbono), onde representou os estudantes portugueses associados ao projeto Interreg Sudoe ClimACT, enquanto estudante do ensino superior.

O ClimACT estava nomeado para os RegioStars e para o “Interreg Talks: 6 projects, 1 slam”, tendo sido um dos vencedores no Project Slam do Interreg Talks, onde foram apresentados todos os projetos finalistas.

A apresentação do ClimACT ficou a cargo de um grupo de estudantes das escolas participantes (onde se inclui a ESTeSL), representantes de Portugal, França, Espanha e Gibraltar, e que foram acompanhados nesta missão por alguns professores e parceiros do projeto.

Esta vitória, decorre do trabalho de uma equipa maior, constituída por estudantes (e respetivas famílias), docentes e não docentes, toda a comunidade académica e comunidade envolvente das quase quarenta escolas ClimACT, assim como do trabalho exaustivo de todos os parceiros (universidades, autarquias, empresas, centros de investigação, organizações não governamentais e outras).

Este é o caminho que perspetiva fazer e que começa agora, nas escolas, rumo a uma economia de baixo carbono, que urge alcançar.

Muitos parabéns a TODOS!

Foi na passada quinta-feira, 4 de outubro de 2018, que uma comitiva da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL), da qual faziam parte estudantes e docentes, representando a comunidade académica, participou em mais um Dia das Bandeiras Verdes, que este ano decorreu na cidade de Pombal e onde recebeu o oitavo galardão Eco-Escolas, a Bandeira Verde, atribuído à ESTeSL.

Tal como já havia ocorrido em edições anteriores, a ESTeSL foi responsável por, em conjunto com a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, dinamizar uma atividade de fotografias criativas que garantiu animação aos milhares de participantes no Dia das Bandeiras Verdes.

Fomos receber mais uma Bandeira Verde...

Muito do trabalho desenvolvido ao longo do ano, e que culminou com a atribuição da Bandeira Verde, foi da responsabilidade de estudantes e docentes de Saúde Ambiental, tendo-se recebido ainda os prémios correspondentes aos lugares conseguidos nos projetos/desafios:

O momento mais esperado do dia teve lugar quando a estudante do curso de licenciatura em Imagem Médica e Radioterapia, Daniela Pasat, membro do conselho Eco-Escolas e da Comissão Baixo Carbono, recebeu a Bandeira Verde, em nome representação de toda a comunidade académica da ESTeSL.

A delegação da ESTeSL que se deslocou a Pombal numa viatura gentilmente cidade pelo Instituto Politécnico de Lisboa, levou consigo a marca do projeto Interreg Sudoe ClimACT e regressou a Lisboa já no fim do dia, trazendo na bagagem aquela que é a sua oitava Bandeira Verde, perspetivando-se para breve o respetivo hastear na Praça da Saúde.

Parabéns a toda a comunidade académica, em especial ao Conselho Eco-Escolas e à equipa de docentes e estudantes que têm vindo a contribuir de forma inegável para uma educação ambiental para a sustentabilidade, de mérito, na nossa escola.

No decurso da última semana, teve lugar na Universidade de Gibraltar, mais um encontro da equipa técnica do projeto Interreg Sudoe ClimACT. Desta vez, e à semelhança do que já havia ocorrido em Madrid (ver A Eco-Escola ESTeSL, entre Madrid e Lisboa…), foram criadas condições para que alguns professores representantes das escolas ClimACT de Portugal, França, Espanha e Gibraltar, acompanhados por colegas de Andorra, pudessem estreitar relações e começar a criar sinergias para aquela que será uma rede de trabalho no sudoeste da Europa.

A ESTeSL, em visita de trabalho a Gibraltar, no âmbito do projeto Interreg Sudoe ClimACT, contribui para a definição da escola do futuro

A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) fez-se representar pelo professor Vítor Manteigas (Coordenador Eco-Escolas e Coordenador Baixo Carbono) que rumou até Gibraltar, em carpool, com colaboradores do Instituto de Soldadura e Qualidade (ISQ), do Instituto Superior Técnico (IST), da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) e da Edigreen, membros da equipa técnica do projeto ClimACT, para participar no 5th Meeting of the Steering Commitee. A caminho, fez-se uma breve paragem em Sevilha para ali recolher mais alguns professores de Madrid e Andorra e potenciar desta forma a utilização de uma mesma viatura, concorrendo para uma mobilidade com menores emissões de carbono.

O encontro, que decorreu na Universidade de Gibraltar, nos dias 27 e 28 de setembro, teve sessões plenárias com os membros da equipa técnica e professores, assim como sessões diferenciadas onde, por um lado, foram discutidas questões associadas ao projeto e, por outro, os professores desenvolveram algum trabalho mais prático.

Por parte dos professores, e para além das visitas realizadas a algumas das escolas que em Gibraltar integram as escolas-piloto do projeto ClimACT, foram discutidas aquelas que podem ser as bases para a escola do futuro e onde a ESTeSL participou ativamente e deu a conhecer algumas das suas boas práticas.

Deixamos aqui o nosso agradecimento ao projeto Interreg Sudoe ClimACT pela oportunidade e, naturalmente, à Universidade de Gibraltar e a todos os Llanitos (Yanitos ou Janitos) – assim se designam os Gibraltinos, pela forma como nos acolheram.

Muitos parabéns às estudantes Jéssica Moreira, Margarida Mossâmedes, Susana Camala e Suazilene Sacramento, do curso de licenciatura em Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) pelo trabalho submetido ao ISWA Video Award 2018, promovido pela International Solid Waste Association (ISWA), e que acabou por conquistar o segundo lugar deste concurso internacional.

De entre os 32 trabalhos submetidos, representantes de 18 países (África do Sul, Austrália, Áustria, Estados Unidos da América, Filipinas, Finlândia, França, Grécia, Hungria, India, Indonésia, Itália, Malásia, Nigéria, Portugal, Reino Unido, Singapura e Vietnam), as estudantes da ESTeSL acabaram por garantir o segundo lugar. Para além do segundo lugar conquistado por Portugal, importa salientar o facto do trabalho ter sido realizado sem grandes conhecimentos de recolha e edição de imagem, dando-se destaque à mensagem que se pretendia transmitir. O primeiro lugar foi conquistado por um trabalho das Filipinas e o terceiro lugar foi atribuído a um trabalho da Grécia.

O vídeo foi submetido a título individual e sem associação à ESTeSL, conforme as regras ditavam, mas resultou de um trabalho conjunto desenvolvido no âmbito da unidade curricular de Gestão de Resíduos II, sob orientação do professor Vítor Manteigas. Muitos parabéns a TODOS os estudantes que, independentemente do curso, e para além das vencedoras, têm vindo a realizar trabalhos que de algum modo temos conseguido associar ao programa Eco-Escolas e ao projeto Interreg Sudoe ClimACT. Parabéns!!

The theme of this year’s award is “What Happens to my Waste?”

The ISWA Video Award is an online short video competition. Whether documentary, fiction, animation or a combination thereof – the decision about the film genre as well as the technical realisation is left up to the contestant. Only the length of the film is specified. The video must be minimum 30 seconds and should not exceed a total duration of 80 seconds.

Este vídeo tem como objetivo referir os riscos associados ao abandono de resíduos de plástico no ambiente, que apresentam um crescente perigo para este e, consequentemente, para a saúde pública. Muitas vezes, o destino final destes resíduos é o oceano e o seu longo período de degradação afeta a fauna e a flora. Pretendemos descrever o percurso de uma tampa de plástico de uma forma direta e simples, desde o momento em que é lançada para o chão até chegar ao oceano, percorrendo entretanto vários locais do mundo. Um ato tão simples e tão breve pode ter consequências devastadoras ao longo do tempo. O plástico tem um impacto negativo se não for encaminhado para tratamento adequado.

Dia das Bandeiras Verdes 2018 (Pombal)Depois de ter sido tornado público a atribuição de mais uma Bandeira Verde (Galardão Eco-Escolas) à Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL), podemos então confirmar a nossa presença, mais uma vez, na cerimónia do Dia das Bandeiras Verdes 2018.

Desde o ano letivo passado que a atribuição do Galardão Eco-Escolas surge também na sequência daquela que tem sido a nossa participação no projeto Interreg Sudoe ClimACT e de todo o trabalho entretanto desenvolvido.

A “aventura” começou ano letivo de 2010/2011 e desde então nunca mais parou. Este ano conseguiu-se, pelo oitavo ano consecutivo, conquistar mais um galardão que uma comitiva representativa da comunidade académica da ESTeSL irá receber no Encontro Nacional “Dia das Bandeiras Verdes”, no dia 4 de outubro, em Pombal,

A atribuição deste oitavo galardão vem reconhecer o trabalho de mérito que temos vindo a desenvolver ao longo destes anos, em prol de uma educação para a sustentabilidade, de qualidade, e que este ano foi também, à semelhança dos anos anteriores, objeto da atribuição de vários prémios (ver  ESTeSL é premiada no desafio “Alimentação Saudável e Sustentável” e ESTeSL volta a vencer uma das atividades criativas da Geração Depositrão).

Parabéns a toda a comunidade académica da ESTeSL!…

Prepara-te para a maior aventura da tua vida… na ESTeSL!

Todos os anos, os estudantes da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (ESTeSL-IPL) recebem a Agenda e Guia ESTeSL. Na edição respeitante ao ano letivo 2018/2019, que entretanto foi distribuída aos estudantes caloiros e que em breve chegará a toda a comunidade académica, poderão encontrar mais uma vez o Código Climático e o Eco-Código ESTeSL, através da reprodução do respetivo poster, referente ao ano de 2018 e que tenderá a refletir-se ao longo deste ano letivo.

O nosso Código Climático na Agenda e Guia 2018 da ESTeSL

A toda a eco-comunidade académica da ESTeSL, e em particular aos estudantes,  desejamos um excelente ano letivo.

Bom trabalho!




Introduza o seu e-mail


Novembro 2018
S T Q Q S S D
« Out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Categorias
Parceiros